Newsletter 13 – Fitoexpertise como solução para o período pós parto

news13-01

O pós parto é talvez um dos mais desafiadores períodos no ciclo de produção de vacas leiteiras, principalmente em razão do balanço energético/proteico negativo que ocorre nessa fase. A gestão produtiva desses animais é desafiadora e, portanto, requer muitos cuidados e atenção de todos os envolvidos. Uma má condução nesse período pode levar a consequências econômicas bastante onerosas e que afetam negativamente a lucratividade da pecuária leiteira.

São muitas as recomendações para minimizar tais efeitos deletérios sobre as vacas no pós-parto, apesar da grande maioria das técnicas até então empregadas terem eficácia limitada e custos proibitivos em certos casos.

No pós parto, o organismo da vaca sofre um processo de reposta inflamatória generalizada. Estando o animal sujeito ainda a outros desafios, a exemplo do estresse térmico, esse processo debilita ainda mais a saúde das vacas. Assim, nessas condições, há forte predisposição para o aparecimento de doenças, como mastites e metrites, além da queda da produção de leite, comprometendo toda a lactação do animal.

Nesse contexto, os produtores de leite continuam a enfrentar os riscos com perdas de toda natureza, apesar de todo conhecimento científico atual.

A IBERSAN, referência mundial em fitoexpertise aplicada à nutrição animal, criou uma solução inovadora e rentável para o desafios do pós-parto na pecuária leiteira: o PROGRAMA +1000

Banner v2